quinta-feira , 24 agosto 2017
Home / Destaque / Botafogo leva sufoco no fim, mas segura empate e avança na Copa do Brasil Glorioso se classificou para as quartas de final ao empatar com o Sport

Botafogo leva sufoco no fim, mas segura empate e avança na Copa do Brasil Glorioso se classificou para as quartas de final ao empatar com o Sport

Guilherme brilhou com dois gols (Foto: Divulgação/Botafogo)

Pernambuco – Foi com mais sofrimento que o esperado, mas o Botafogo está classificado para as quartas de final da Copa do Brasil. Em duelo equilibrado na Ilha do Retiro, o Glorioso empatou em 1 a 1 contra o Sport e garantiu a sua vaga.

O próximo rival do Alvinegro será conhecido em sorteio. No duelo desta quarta-feira, Roger fez o gol do Botafogo, enquanto Durval marcou para os donos da casa.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Glorioso joga neste domingo, ás 11 horas, contra o Flamengo, no Raulino de Oliveira. Já o Sport Recife joga no mesmo dia e horário contra o Avaí, na Ressacada.

Botafogo ficou no empate contra o Sport e se classificouAdelson Costa/Parceiro/Agência O Dia

O JOGO

O primeiro tempo entre Botafogo e Sport foi bem aberto com boas chances para os dois lados. O Glorioso conseguiu marcar logo no começo, o que possibilitou um pouco mais de tranquilidade na partida. Os cariocas tiveram chances de ampliar a vantagem, mas os pernambucanos chegaram com perigo.

O gol do Botafogo saiu aos 11 minutos. João Paulo deixou Roger na cara do gol, o atacante alvinegro cortou o goleiro Magrão e tocou com categoria para abrir o placar na Ilha do Retiro.

A vantagem alvinegra fez o Sport ir para cima. Três minutos após o Glorioso sair na frente, Rithely quase empatou em cabeçada. Logo depois, mais uma chance para o Leão. Mena driblou Emerson Santos e cruzou para a área, Lindoso cortou errado e quase fez contra, a bola acabou subindo um pouco a mais que a meta de Gatito.

O Glorioso respondeu aos 32 minutos. Pimpão arrancou bem pela esquerda e soltou a bomba, a bola explodiu no travessão do goleiro Magrão. Cinco minutos depois, novamente o Sport quase empatou. Depois de cruzamento, a zaga alvinegra falhou e a bola sobrou para Diego Souza, porém, Gatito foi mais rápido e evitou a finalização do jogador da seleção brasileira.

A classificação do Botafogo poderia ter sido sacramentada aos 43 minutos. Em belo contra-ataque, Roger recebeu e tocou na medida para Pimpão marcar. Porém, a arbitragem, de forma equivocada, viu condição irregular do atacante alvinegro e anulou erradamente o segundo gol dos cariocas.

O segundo tempo começou no mesmo ritmo. As duas equipes buscando o ataque. As coisas pareciam que iriam melhorar para o Botafogo aos 13 minutos. Rogério deu uma solada em João Paulo e foi expulso, deixando a equipe pernambucana em situação dramática.

Só que aos 22 minutos, o Sport Recife conseguiu o seu gol, mesmo com desvantagem numérica. Após cobrança de escanteio, Durval subiu mais que a zaga alvinegra e cabeceu, Gatito tocou na bola, mas ela acabou morrendo na rede alvinegra.

A Ilha do Retiro pegou fogo e o time pernambucano começou a pressionar, mesmo com desvantagem numérica. Em uma cobrança de escanteio, quase veio a virada. Matheus Ferraz cabeceou e a bola passou raspando a meta de Gatito. Em um contra-ataque, o Glorioso respondeu. Guilherme recebeu cara a cara com Magrão, mas chutou em cima do goleiro pernambucano.

Os últimos minutos foram de pressão do Sport. A equipe pernambucana colocou muitas bolas na área alvinegra, porém, o Botafogo conseguiu suportar a pressão e carimbou a sua classificação na Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA
SPORT 1 X 1 BOTAFOGO

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (Fifa-SP)
Cartões amarelo: Emerson Santos, Igor Rabello, Rodrigo Pimpão e Roger (BOT) Rithely, Diego Souza e Lenis (SPT)
Cartão vermelho: Rogério (SPT)
Gols: Roger, aos 11min do primeiro tempo; Durval, aos 22min do segundo tempo

SPORT: Magrão; Fabrício (Marquinhos), Matheus Ferraz, Durval e Mena; Ronaldo (Thalyson), Rithely, Diego Souza e Everton Felipe (Lenis); André e Rogério / Técnico: Vanderlei Luxemburgo

BOTAFOGO:Gatito Fernández, Emerson Santos, Joel Carli, Igor Rabello e Víctor Luís; Aírton, Rodrigo Lindoso (Dudu Cearense), João Paulo (Matheus Fernandes) e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger (Guilherme)/ Técnico: Jair Ventura

Matéria do Jornal O Dia

Print Friendly, PDF & Email

Veja Também

Foto reprodução TV Globo

Motorista de Uber é baleado em Realengo após confundir blitz policial com blitz de bandidos Vítima contou que confundiu os PMs com bandidos e ficou com medo de parar

Rio – Um motorista de Uber foi baleado ao não obedecer a ordem de parada ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Criado com Area de Membros WP
Translate »