Câmera registra bandidos incendiando estação do BRT em Santa Cruz

0
5

Por Jornal O Dia

Nas imagens, é possível ver homem jogando coquetéis molotov. Após restauranção, estação deve reabrir nesta quinta

Rio – Uma câmera de segurança do BRT Transoeste registrou o incêndio criminoso provocado por bandidos na madrugada desta terça-feira na estação Cesarão II, em Santa Cruz. Nas imagens, é possível ver dois homens com coquetéis molotov e um galão cheio de um líquido inflamável. Após restauranção, o local tem previsão de reabrir nesta quinta-feira.

Vídeo: Criminosos colocam fogo em estação do BRT

A câmera mostra o momento em dois homens chegam na estação, às 3h30, e um deles, enpacuzado, joga coquetéis molotov enquanto o outro despeja um líquido inflamável armazenado dentro de um galão de água. Em poucos segundos, as chamas consomem o local. Pouco mais de três minutos depois, o fogo é controlado.

De acordo com o consórcio BRT, a restauração dos danos estruturais foi estimada em R$ 10 mil, além dos transtornos causados aos passageiros que não puderam utilizar a estação. A estação, que deve reabrir nesta quinta-feira, recebe diariamente cerca de 600 pessoas.

Câmera mostra criminosos incendiando estação do BRT Cesarão II, em Santa Cruz. No destaque, molotov lançado por um dos bandidos

Foto: Reprodução Vídeo / Divulgação

Não é a primeira vez que a estação Cesarão II é alvo de criminosos. Ela foi reaberta em 3 de agosto, depois de dois meses de obras e estar fechada desde o dia 7 de janeiro. Na ocasião, a estação foi alvo de um incêndio criminoso durante um protesto. Por motivos de segurança, o local só pôde receber operários do consórcio BRT em maio. O custo da obra foi de R$ 350 mil.

Antes do primeiro incêndio, a Cesarão II já havia sido depredada ou teve equipamentos furtados e quebrados pelo menos quatro vezes. Em média, o BRT informou que gasta, mensalmente, R$ 150 mil para fazer reparos provocados por vandalismo nas estações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here