Home / Destaque / PF faz busca na Diretoria-Geral da Câmara dos Deputados

PF faz busca na Diretoria-Geral da Câmara dos Deputados

Operação Catilinárias ocorre, entre outros, no DF e no Rio, onde as residências de Eduardo Cunha são alvos

AGÊNCIA BRASIL

Brasília – Agentes da Polícia Federal (PF) fazem, neste momento, operação de busca e apreensão de documentos na Diretoria-Geral da Câmara dos Deputados. Outros policiais procuram provas no gabinete do deputado Aníbal Gomes (PMDB-CE), que também é alvo da Operação Catilinárias, deflagrada nesta terça-feira pela PF no Distrito Federal e em sete estados, entre eles o Rio de Janeiro, São Paulo, Alagoas e o Ceará.

Entre os alvos estão as residências do presidente da Câmara dos deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em Brasília e no Rio de Janeiro. Equipes do gabinete de Eduardo Cunha informaram que os agentes da Polícia Federal ainda não chegaram ao local, no Anexo 4 da Câmara, mas que são esperados a qualquer momento.

O cumprimento dos mandados de busca e apreensão foi autorizado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavaski, a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Nesta terça-feira, o Conselho de Ética da Câmara pode votar o parecer sobre a representação contra Eduardo Cunha por suposta quebra de decoro parlamentar. No Conselho, os lugares estão ocupados desde as 8h. A sessão está marcada para as 9h30, mas até agora nenhum parlamentar passou pela sala do colegiado.

Aliados do presidente da Câmara acreditam que a operação não deve interferir na votação do parecer do deputado Marcos Rogério (PDT-RO) no Conselho de Ética, que pede a continuidade das investigações sobre o envolvimento de Cunha em negócios irregulares envolvendo a Petrobras e na manutenção de contas secretas no exterior.

Print Friendly, PDF & Email

Veja Também

Morre da Russa chefe do tráfico na Praça Seca

Da Russa é morto na Praça Seca Operação contou com mais de 3 mil homens das forças de segurança

Da Russa era procurado é tinha recompensa de R$ 10.000,00 por informações de seu paradeiro ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *