sábado , 21 outubro 2017
Home / Destaque / Prefeitura implode prédio do antigo Hospital Olivério Kraemer e anuncia a criação da nova Coordenação de Emergência Regional em Realengo Parte de recursos foi doado pela Câmara Municipal que chega a 40 milhões, vereadores da região estiveram presentes

Prefeitura implode prédio do antigo Hospital Olivério Kraemer e anuncia a criação da nova Coordenação de Emergência Regional em Realengo Parte de recursos foi doado pela Câmara Municipal que chega a 40 milhões, vereadores da região estiveram presentes

O secretario Executivo de Governo esteve junto com vereadores da região para o lançamento das obras do novo centro de Coordenação de Emergência

A Prefeitura do Rio implodiu, na manhã deste domingo (15/05), o prédio e o anexo desativados ao lado do Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste, onde até o início do ano funcionavam a cozinha e o refeitório da unidade. No local, será construída a Coordenação de Emergência Regional de Realengo (CER Realengo), a sexta da cidade e a terceira na Zona Oeste.

Funcionários da Comlurb agiram rápido para limpar a poeira deixada pela implosão
Funcionários da Comlurb agiram rápido para limpar a poeira deixada pela implosão

Estamos falando de um esqueleto que há anos não tinha utilidade. Estamos chegando há 5 meses de assunção do Albert Schweitzer, que é hoje o maior hospital da nossa rede, com 480 leitos e com um aumento de cerca de 40% do volume de atendimento. Com essa implosão e a inauguração desse espaço (CER) vai ser possível melhorar o atendimento dos que procuram – disse o secretário que anunciou o repasse de R$40 milhões da Câmara Municipal do Rio de Janeiro para investimentos nos hospitais Albert Schweitzer e Rocha Faria (Campo Grande). Com os recursos que a Câmara Municipal nos repassou é possível não só fazer esse CER como reverter esses recursos para o Rocha Faria para a complementação das obras. Foram 3 anos de repasses consecutivos pela Câmara Municipal: R$130 milhões no primeiro ano, R$130 no segundo ano e esse ano já recebemos R$40 milhões para aplicar diretamente nessas duas unidades.

O prédio veio abaixo às 07:15 deste domingo (15/05) | Foto Prefeitura do Rio de Janeiro
O prédio veio abaixo às 07:15 deste domingo (15/05) | Foto Prefeitura do Rio de Janeiro

No passado, o espaço abrigou o Hospital Padre Olivério Kraemer. Após a municipalização, em janeiro, o Albert Schweitzer ganhou novos refeitório e cozinha, em condições mais adequadas para a preparação de refeições dos funcionários, pacientes e visitantes.

O trânsito, nos trechos das ruas Nilópolis e Lavínia (próximos ao hospital), ficou interditado ao tráfego de veículos, desde às 14h de sábado (14/05). A partir deste horário também foram feitas restrições de estacionamento na área de segurança. No domingo, às 4h, todas as vias compreendidas entre a Avenida Brasil, a Estrada da Água Branca e a Rua Curitiba tiveram o tráfego de veículos interrompido. O acesso à emergência do Hospital Municipal Albert Schweitzer era feito pela Estrada da Água Branca e pela Rua Guarulhos. Agentes da Cet-Rio, da Guarda Municipal e da Secretaria Municipal de Ordem Pública estiveram no local para garantir os bloqueios viários e orientar motoristas e pedestres.

CER REALENGO

O Centro de Emergência Regional coloca a emergência do Albert Schweitzer no mesmo padrão de outras áreas da cidade como o Souza Aguiar (Centro)
O Centro de Emergência Regional coloca a emergência do Albert Schweitzer no mesmo padrão de outras áreas da cidade como o Souza Aguiar (Centro)

A Coordenação de Emergência Regional (CER) de Realengo será a sexta unidade do tipo na cidade, que já conta com as coordenações de emergência do Centro, Leblon, Ilha do Governador, Barra da Tijuca e Santa Cruz. Elas são concebidas para funcionar próximas aos hospitais de urgência e emergência do município, concentrando os casos clínicos de pequena e média complexidade e, assim, desafogando os atendimentos na grande emergência. A CER Realengo terá 23 leitos de observação nas salas Vermelha e Amarela, com capacidade para realizar até 600 atendimentos por dia. Além da nova CER, no espaço será construído também o acesso para a nova portaria social do Hospital Municipal Albert Schweitzer, que terá a atual transformada em Pronto Atendimento de Urgências e no Acolhimento da Maternidade. Na entrada que hoje concentra toda a Emergência será mantido apenas o ingresso dos casos de trauma. As obras de reorganização da Emergência do Albert Schweitzer ficam prontas ainda no primeiro semestre e representam um investimento de cerca de R$ 5 milhões.

Matéria do Site da Prefeitura do Rio de Janeiro

Veja a galeria de imagens

a-foto-capa.jpgIMG_8354.jpgIMG_8357.jpgIMG_8359.jpgIMG_8366.jpgIMG_8368.jpgIMG_8369.jpgIMG_8373.jpgIMG_8379.jpgIMG_8402.jpgIMG_8406.jpgIMG_8417.jpgIMG_8425.jpgIMG_8428.jpgIMG_8430.jpgIMG_8436.jpgIMG_8442.jpgIMG_8443.jpg
Print Friendly, PDF & Email

Comments

comments

Veja Também

Foto Divulgação

Comerciante é rendido e executado com sete tiros em Realengo O comerciante José Heron de Moraes, de 47 anos, foi encontrado morto em Realengo

O comerciante José Heron de Moraes, de 47 anos, foi encontrado morto em Realengo, Zona ...

Criado com Area de Membros WP
Translate »
Entre em Contato