Home / Destaque / Cariocas contra os pichadores da Igreja Pentecostal Geração Jesus Cristo Associações de moradores criticam grupo religioso que pintou sua mensagens pela cidade

Cariocas contra os pichadores da Igreja Pentecostal Geração Jesus Cristo Associações de moradores criticam grupo religioso que pintou sua mensagens pela cidade

Imagem reprodução da Internet

Onze integrantes da Igreja Pentecostal Geração Jesus Cristo ficaram feridos durante confusão com agentes da Guarda Municipal (GM) do Rio, na orla da Praia de Copacabana, no final da noite de ontem (25). Os seguidores da igreja tiveram ferimentos na cabeça, nas costas, pernas e alguns com fraturas no braço e foram medicados no Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, na zona sul do Rio. O caso mais grave é Jorge Alves, 60 anos, que sofreu um ferimento na cabeça, atingido por um golpe de cassetete. Ele caiu desacordado e está internado em estado grave na unidade de saúde.Resultado de imagem para pastor pichador tupirani

A sede da igreja fica em Santa Cristo e, de acordo com os evangélicos após o culto, um grupo de 40 pessoas, entre homens e mulheres, foram passear na orla de Copacabana. A confusão com os agentes da Guarda Municipal começou depois de serem acusados de pichar o Parque Garota de Ipanema, no Arpoador. Um dos seguidores da Igreja Geração Jesus Cristo acabou preso e foi levado para a delegacia de polícia para ser autuado por crime ambiental. Ao longo da Praia de Copacabana há pichações no chão, com a inscrição “Jesus Cristo voltará em 2070”.

Na porta da delegacia teve início uma confusão entre os guardas e os seguidores da igreja que acabou em confronto.

 

Veja Também

Vítima resgatada com vida dos escombros Foto: TV Globo / Reprodução

Sobe para 07 o número de mortos no desabamento em Niterói Duas pessoas morreram no deslizamento de morro

Acidente ocorreu no Morro da Boa Esperança, na Estrada Francisco da Cruz Nunes, em Piratininga. ...